Uma visita aos alemães no Oeste Catarinense

    Willkommen (bem-vindos) a São João do Oeste, capital da língua alemã. O lindo portal recepcionava a nossa caravana próximo das 13h do dia 30 de março. Nossa viagem de Florianópolis até a cidade durou cerca de 12 horas, após recebermos a bênção do pastor Josué Cipriano na ADFLORIPA. Apesar do cansaço fomos recepcionados pela família do pastor Anderson Marcelo de Souza com um saboroso almoço. A equipe composta por 16 pessoas da Betânia (bairro Saco Grande) estava ansiosa por ouvir e participar um pouquinho da obra missionária naquele lugar. 

    No final da tarde um grupo de irmãos juntamente com o missionário realizaram um convite aos moradores da região por meio de som volante para participarem do culto à noite. De forma estratégica, o veículo se posicionava nas partes mais altas da cidade para que o som se propagasse com mais nitidez e tivesse um maior alcance nas residências. Souza alinha um amplo conhecimento técnico adquirido na vida profissional e utiliza-o na obra missionária. Antes mesmo de ser obreiro integrado, trabalhou como vendedor e coordenador de vendas no comércio onde teve um grande destaque por suas habilidades. Em paralelo ao trabalho secular já dedicava sua vida em prol do Reino de Deus. Passou por igrejas como Videira, Caçador, Santa Cecília, Fraiburgo e Joinville. A paixão pelas almas é nítida em suas palavras. Sua esposa, Adriana Coelho, e suas filhas, Larissa e Ana Vitória, são parceiras incansáveis nesse ministério. Missão não está limitada apenas em suas palavras, mas na prática diária.

   Os desafios são grandes. Colonizada por alemães na década de 1920 e tendo o catolicismo como principal religião, há muita resistência para o evangelho. De acordo com o pastor, muitos missionários já passaram por ali e sentiram "na pele" as grandes dificuldades e impedimentos para o crescimento da igreja, atualmente composta por 20 pessoas em um município de quase 7 mil habitantes. Nada disso pode impedir a manifestação de Deus no culto realizado no sábado. O grupo de louvor Semeando a Boa Semente, composta pelo grupo de evangelismo da Betânia, teve a sua participação e podemos sentir a presença de Deus. Após a ministração da mensagem, uma família que já estava sendo acompanhada pela igreja local, se rendeu a Cristo como Salvador. 

   Pela manhã , no domingo, estávamos animados em participar de um culto em uma humilde congregação, à 20 km do Centro. Foi um momento de encorajamento pastoral por meio da mensagem ministrada pelo pastor Celso Silva que nos deu a alegria em estar conosco durante toda a viagem. Novamente sentimos a presença de Deus. Antes de voltarmos a Florianópolis nos deliciamos com um gostoso almoço, "um churrasco alemão" em um momento de comunhão na Friedem God (Paz de Deus). 

    Os recursos financeiros para a realização da viagem missionária foram adquiridos pelos irmãos da Betânia por meio de lavação de carros realizada na própria igreja, além de almoço missionário e doações de ofertas voluntárias. Cada centavo valeu a pena já que foi investido para o crescimento da obra de Deus e da vida espiritual de todos que se envolveram no projeto. 

Escrito por C. Pedro Fermiano Jr - (SC 3291 - Jornalista Profissional)

Portal e caravana de missões 

Momento de preparação para a viagem

Momento da chegada na cidade 



Ministração da Palavra por Pedro Fermiano

Presbítero Luiz orando pela família do missionário

Grupo Semeando a Boa Semente louvando na igreja do interior

Oração pastoral à família do missionário



Igreja no interior de São João do Oeste

Testemunho de Jenival de Abreu na igreja do interior

Mensagem de encorajamento pelo Pastor Celso Silva 

Vista deslumbrante do interior de São João do Oeste 

Almoço após o culto dominical



Busca de recursos para a viagem






  

Comentários

  1. Nossa gratidão a DEUS e a todos os envolvidos, nosso Pastor Celso Silva não só nos encorajando, apoiando e incentivando como também participando de momentos inesquecíveis na vontade de nosso SENHOR JESUS, voltamos com nossa fé acrescida pelas circunstâncias, imposições dificuldades enfrentadas quanto a Proclamar a Palavra de DEUS enfrentadas pelo Pastor Missionário e sua família, as dezenas de testemunhos impactaram e nos mostraram mais e mais a importância que se tem concernente a orar, fazer e contribuir para que nunca pare, e de todas as formas possíveis mostrar que estamos juntos com eles, sejam por palavras, ações e principalmente nossas orações, a todos os que participaram, a família do Pastor Missionário, nosso desejo que em tudo DEUS vos abençoe mais e mais em nome de JESUS.

    ResponderExcluir
  2. Que bençao, que o senhor possa fazer prospera ainda mais essa obra

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas