Missões Adfloripa visita seis cidades catarinenses

   Nada melhor do que conhecer o campo missionário com seus inúmeros desafios pessoalmente. Fica até difícil em saber quem está abençoando e quem é abençoado nessa troca de informações e pesquisas de campo. É gratificante ouvir histórias de superação, de milagres, de transformação, de curas, de renovação e, principalmente, de confiança em Deus. Nossa viagem pela região da serra catarinense realizada entre os dias 20 a 24 desse mês, nos fizeram reconhecer o quanto ainda precisa ser feito para alcançarmos vidas para Cristo. 


      Saímos de Florianópolis no final da tarde do dia 20 de Maio. Além do Coordenador de Missões, Pr. João Marcos, a equipe de comunicação da ADFLORIPA viajou conosco, representada pelos pastores Giancarlo Gemelli e Israel Willian. Eles tinham por objetivo realizar as entrevistas com pastores e missionários, bem como captar imagens das cidades que visitamos. Eles foram fundamentais para o sucesso de nossas visitas.

   No primeiro dia visitamos São Ludgero. Muito embora seja uma cidade bem desenvolvida, há inúmeros desafios pela frente. No mesmo dia, após subirmos pela Serra do Corvo Branco, passamos por Rio Rufino e conhecemos a igreja local. À noite participamos de um culto na cidade de Urupema no lindo templo que está sendo finalizado para abrigar os irmãos daquele município. É verdade que sentimos um pouquinho do "gelo" da cidade mais fria do país. A temperatura de 12ºc somada à chuva nos dava uma sensação do frio que está por vir. Ao lado de um fogão à lenha na casa dos irmãos Valente e Irene, onde dormimos, podemos usufruir de um momento de comunhão. No segundo dia, pela manhã, nossa equipe foi conhecer uma igreja do interior juntamente com o missionário local. 

    Seguimos viagem para Ponte Alta. Fomos recepcionados com um gostoso almoço e depois visitamos uma igreja do interior. No final da tarde chegamos a Frei Rogério, participamos de um culto também no interior e podemos sentir a presença de Deus. Após uma saborosa janta oferecida pelo pastor local, fomos descansar um pouquinho da viagem. No terceiro dia, chegamos a Mirim Doce. Sem perda de tempo visitamos uma igreja no interior e à noite participamos de um culto na igreja sede. Logo após, nos despedimos ao som da música Trem das Doze pela Banda Moriá e seguimos viagem de retorno a capital. Chegamos às 2h de sexta-feira agradecidos a Deus por ter nos guardado e nos abençoado. 

      Nos próximos meses nossa meta é descrever com mais detalhes sobre todas as regiões por onde passamos e todos os desafios missionários que percebemos, além de apresentar as entrevistas realizadas pela nossa equipe de comunicação. O importante é sabermos que os apoios financeiro e espiritual dados à essas igrejas por MISSÕES ADFLORIPA tem sido de grande valia para o crescimento do Reino de Deus. Nossos sinceros agradecimentos a todos que voluntariamente contribuem para que o evangelho seja propagado a todos os recantos dos países de abrangência desse lindo projeto! 

Escrito por C. Pedro Fermiano Jr | 3291 JP - Jornalista Profissional


Pastores João Marcos, Pedro Fermiano, Giancarlo Gemelli e Israel Willian

Início da Serra do Corvo Branco

Serra do Corvo Branco 

Almoço com a família do Pastor Maurizo em São Ludgero
Culto em Urupema


Culto em Frei Rogério




Banda Moriá em Mirim Doce 

Comentários

  1. Uma viagem mais que especial...Deus abençoe a todos que apoiam esta obra.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por este lindo trabalho com nossos missionários das regiões de Santa Catarina. tenho certeza que cada missionário teve a grande felicidade e prazer em falar sobre seus desafios, conquistas e obstáculos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas